Já pensou em substituir o aparelho convencional por um sistema ortodôntico mais moderno que proporciona melhores resultados, em menos tempo, e de forma muito mais confortável para o paciente?

Realizar essa transformação em sua clínica odontológica é possível e pode ser a solução que você estava procurando para inovar e parar de brigar por preço no mercado, além de aumentar sua lucratividade. Quer saber mais? Acompanhe o artigo que preparei para você!

Qual a diferença entre o aparelho convencional e o sistema Damon?

Primeiro, é importante compreender que boa parte da movimentação dos dentes correção da oclusão ocorre pela movimentação dos braquetes nos arcos.

No aparelho convencional, o que acontece quando você tem um elástico ou um amarrilho metálico empurrando o arco contra o fundo do slot? Há uma quantidade de atrito muito grande. Se você fizer o teste e tentar movimentar o arco irá perceber que é quase impossível.

Agora, imagine a força que você precisa fazer para movimentar cada um desses braquetes. É muito grande e, consequentemente, bastante desconfortável. 

Justamente por essa razão, vemos pacientes que falam que após ir ao ortodontista acabam ficando dois ou três dias sem conseguir comer. A força gerada para fazer essa movimentação é realmente alta!

Pensando nisso, o Dr. Dwight Damon criou o conceito do sistema de braquetes autoligados passivos. Ou seja, em vez do aparelho usar borrachas para amarrar o braquete ao arco, há uma tampa metálica ou cerâmica estética. Com isso, como não é mais necessário usar os amarrilhos que causam atrito, o sistema fica muito mais livre para permitir a movimentação dos dentes. Isso se reflete na quantidade de força que é necessária para movimentar os dentes.

Confira o vídeo para visualizar a facilidade de movimentar o arco com o Damon System:

Por que usar o Damon System em seu consultório?

Por não ser necessário aplicar um nível alto de força para alinhar os dentes, a principal vantagem do Damon System é o fato de ser a técnica mais confortável que existe no mercado.

Além disso, a partir do momento que é possível aplicar menos força ao dente, por incrível que pareça, as movimentações são mais rápidas e eficientes. 

A teoria consiste no seguinte: como está sendo aplicada uma força dentro do limite biológico do dente, o dente responde de maneira mais eficiente.

Por outro lado, forças pesadas tendem a gerar um processo inflamatório exacerbado (e doloroso) que diminui a eficiência do movimento pois o organismo precisa de mais tempo para se recuperar desta agressão.

Logo, em vez de demorar dois, três ou até quatro anos para finalizar um caso como no aparelho convencional, com o Damon você consegue finalizar, em média, após 14 a 20 meses. E mais: você não precisa ver os pacientes todos os meses, mas, sim, a cada seis, oito ou mesmo dez semanas.

Contudo, no final do tratamento — quando é necessária uma quantidade de ajustes de finalização maiores, além do uso de fios de aço inoxidável — é normal que seja preciso ver o paciente com uma frequência maior, por exemplo, uma vez por mês.

Então, ao abandonar o aparelho convencional e optar por usar o Damon Smile, você garante:

Quer conhecer mais sobre o Damon System? Acesse o site do Meu Ortodontista!