Uma das queixas mais frequentes em minhas palestras para dentistas é que exatamente pelo fato deles serem cirurgiões-dentistas, eles nunca tiveram acesso a aulas sobre administração, marketing ou vendas. Mas convenhamos: o seu consultório é um negócio assim como qualquer outro. Por isso, todo bom dentista empreendedor deve ter noções de gestão administrativa, financeira e organizacional. Seguir certas dicas de empreendedorismo poderá te ajudar a prosperar na área e atrair cada vez mais clientes.

Quer descobrir como empreender no mercado da odontologia utilizando estratégias comerciais que as maiores empresas também usam? Confira o artigo que preparei para você!

As melhores dicas de empreendedorismo para dentistas

Para empreender não basta ter conhecimento técnico e possuir o desejo de montar um negócio próprio, é necessário pelo menos ter noções básicas de como gerir o consultório. Para criar uma empresa lucrativa e rentável, você deve munir-se de conhecimento comercial e estruturar o funcionamento da sua clínica.

Saiba como com as principais dicas de empreendedorismo em odontologia:

Estude o mercado

Um dos passos cruciais para empreender é conhecer o mercado que você está inserido e estudar a sua concorrência.

O que faz os pacientes escolherem determinada clínica? O que o mercado costuma ofertar? O que você pode oferecer para se destacar? Como você poderá sair na frente da sua concorrência e se tornar uma referência? Quais são as novidades do seu setor?

Além disso, vale buscar mais informações do subsegmento e do público que você prefere atender. Isso não quer dizer que deverá se limitar a trabalhar exclusivamente com essas pessoas, mas que estará mais preparado para compreender necessidades específicas.

Monte um plano de negócios

Essa etapa consiste no planejamento do futuro da sua empresa, o que aumenta as suas chances de obter êxito e evitar possíveis erros. O plano de negócio nada mais é do que o documento que descreve os objetivos da sua clínica e as estratégias para alcançar seus objetivos. Ele deve conter informações sobre:

  • público-alvo — quem você pretende atingir e como atender esse público;
  • produtos e serviços — quais produtos irá comercializar e como você pretende diferenciar seu serviço dos oferecidos no mercado;
  • concorrentes – como você vai diferenciar o seu valor;
  • fornecedores – escolha os melhores parceiros;
  • imagem da sua empresa — como você quer que sua clínica seja vista no mercado;
  • estratégias de marketing — defina um orçamento mensal e estratégias de medição;
  • estratégias para gestão de custos e recursos da clínica.

Ofereça os produtos certos

Por fim, umas das melhores dicas de empreendedorismo para dentista é buscar soluções que proporcionem um diferencial competitivo para sua clínica, que sejam inovadoras e de alta qualidade.

Segundo pesquisa da Fecomércio, a qualidade do produto interfere 77% na decisão de compra dos brasileiros. Portanto, não se contente em oferecer os mesmos tratamentos que a maioria dos dentistas.

Por exemplo, se o mercado hoje oferece um tratamento com aparelho ortodôntico convencional que leva uma média de 36 meses de duração, com necessidade de consultas mensais (ou frequentemente mais de uma), como você pretende se posicionar? Hoje, com os aparelhos de maior tecnologia, é possível obter resultados muito melhores, em um tempo médio de cerca de 20 meses, oferecendo consultas com intervalos de 6 a 10 semanas e ainda aumentar a satisfação do cliente.

O melhor é que ao oferecer um produto mais moderno e eficiente, você pode ampliar a produtividade do seu consultório e melhorar o seu faturamento.

Essas são apenas algumas das diferenças entre o Damon Smile e o aparelho tradicional!

Eu faço pesquisas de mercado há duas décadas e sempre que pergunto ao nosso público sobre valores, percebo que a variação das mensalidades nos aparelhos convencionais foi mínima. E mesmo com relação a tecnologia envolvida no tratamento convencional, a evolução foi mínima nos últimos em 30 anos.

O mais interessante é perceber que apesar de existir uma tecnologia ortodôntica mais moderna como o braquete autoligado Damon Smile, a maior parte dos dentistas “acha ou tem impressão” que o paciente não aceitaria investir uma diferença de R$ 500 a R$ 1 mil por este tratamento diferenciado. O que considero uma certa ingenuidade, mas convido vocês a pesquisarem com seus clientes e compartilharem comigo os resultados.

Termino aqui afirmando: uma maneira tecnicamente fácil e rápida de oferecer o produto certo e diferenciar seu consultório é optar pelos produtos de maior tecnologia, seja na Ortodontia ou quaisquer áreas de atendimento do seu negócio.

Gostou das dicas de empreendedorismo que listei? Aproveite para aprofundar seus conhecimentos em gestão administrativa e estratégica com outros artigos do Meu Ortodontista.