Transformando Casos Complexos em Simples com o Damon System

Transformando Casos Complexos em Simples com o Damon System

Um dos adjetivos mais utilizados para falar do aparelho ortodôntico Damon System é que representa uma revolução na ortodontia que permite tratar casos complexos com uma abordagem mais simples e menos invasiva. Por exemplo, há diversos relatos de maloclusões que, sem o uso do Damon, só poderiam ser solucionados por meio de intervenção cirúrgica.

Agora, além de ser possível evitar cirurgias e oferecer tratamentos inovadores aos seus pacientes, você também terá mais previsibilidade nos resultados e efetuará seu trabalho com muito mais precisão. Essas são apenas algumas vantagens desse sistema inovador!

Quer entender, na prática, por que vale a pena trabalhar com o Damon System em seu consultório? Acompanhe o artigo que vou compartilhar depoimentos de ortodontistas e casos reais de pacientes que comprovam a eficácia deste tratamento.

Damon System para melhorar casos de sobremordidas

O ortodontista Carlos H. S. trabalha com o Sistema Damon desde 2005 e afirma que essa tecnologia é inigualável em termos de resultados ortodônticos. Ele chama atenção para a facilidade em tratar casos de classe III. Veja só:

“Tive formação inicial em Ricketts e achava legal como era possível melhorar os casos de sobremordida com os arcos de intrusões e retrusões (apesar de perceber que existia uma recidiva considerável). 

No início do Sistema Damon aqui no Brasil, quando os palestrantes mostraram a correção da sobremordida com extrusões dos dentes posteriores, com uso de bite-turbos anteriores, foi um “choque”. Foi necessário uma mudança de paradigma.  Passados os anos eu vejo que os resultados são muitos mais estáveis.

Hoje vejo como uma das maiores limitações dos alinhadores ainda corrigirem as sobremordidas profundas mais com intrusões dos dentes anteriores do que extrusões dos dentes posteriores, associadas aos desgastes interproximais. Com o sistema Damon reduzimos praticamente a zero os desgastes interproximais para obter alinhamento dos dentes.” 

Ele ainda ressalta que o Sistema Damon proporciona uma melhora no sorriso, com “expansão” dos arcos e diminuição do corredor bucal.

Veja só um antes e depois impressionante que foi compartilhado pelo Dr. Carlos S. para quem acha que ortodontia é simplesmente alinhar dentes. A diferença de sorriso é gritante não?

Paciente com lesão labiopalatal

O ortodontista Marcelo F. também reconhece que o sistema autoligado passivo — o Damon — é a melhor ferramenta  para se trabalhar atualmente por ser a mais moderna.

Para comprovar sua afirmação, ele compartilhou o caso do seu paciente Luis, que tinha uma lesão labiopalatal.

Para tratar esse caso, o sistema tradicional era limitante, por não possuir controle de torque, nem permitir trabalhar com o formato do arco. Ou seja, não dava para incorporar os dois incisivos centrais que estavam separados do arco dental.

Entretanto, como o Damon possui arcos de altíssima tecnologia e altamente flexíveis, foi possível passar um fio contínuo e devolver o formato do sorriso de molar a molar.

Na imagem, você consegue observar o grau de plasticidade do fio CuNiti .013, do Damon System. Essa tecnologia ainda proporcionou um resultado impressionante em apenas 60 dias. Confira:

Entretanto, o Dr. Marcelo traz uma visão mais humana sobre as vantagens do Damon: esse  sistema autoligado tem o poder de devolver o sorriso aos pacientes, mesmo para quem enfrenta problemas mais complexos.

Este foi o caso do seu paciente Luis, que durante muito tempo não se sentia à vontade em sorrir. Mas que, após o tratamento, passou a se sentir confiante para estampar um sorriso em seu rosto.

Como diferencial, o ortodontista ainda ressalta que o Damon permite proporcionar aos pacientes um resultado rápido, eficiente e previsível.

Disjunções em crianças e adolescentes

A ortodontista Maria R. R. conta que o Damon System representa uma revolução em seu consultório.

Em casos de disjunções em crianças, era uma situação comum ela pedir uma radiografia panorâmica para reavaliar espaços disponíveis dentro da boca do paciente e verificar que não havia espaço suficiente, pois as raízes dos incisivos ainda se encontravam abertas. Por essa razão, não poderia intervir com o aparelho fixo convencional.

Entretanto, o Sistema Damon trouxe a possibilidade de dar continuidade ao tratamento já que usa forças tão leves, biológicas e fisiológicas, para obter os espaços. Agora, dependendo do caso, se a forma do arco é boa, não é necessário fazer disjunção, apenas usar o Damon. 

Ela relembra o caso de um paciente adolescente, encaminhado a ela por um cirurgião buco maxilo facial, em que foi possível reverter a necessidade de disjunção cirúrgica somente com o uso do sistema autoligado.

Gostou de descobrir que a alta tecnologia do Damon System permite tratar casos complexos de forma mais simples? Você também pode oferecer esses resultados aos seus pacientes e diferenciar o seu trabalho dos demais dentistas.

Entre em contato com Meu Ortodontista e saiba como levar ao seu consultório a tecnologia mais moderna em ortodontia!

A Pergunta que Desafia Todo Ortodontista: Ter uma Clínica de 200 Casos Ortodônticos Por Ano ou 50 Como a Maioria?

A Pergunta que Desafia Todo Ortodontista: Ter uma Clínica de 200 Casos Ortodônticos Por Ano Ou 50 Como a Maioria?

Em minhas conversas com ortodontistas do Brasil que utilizam sistemas de braquete autoligado encontro muitas clínicas que iniciam uma faixa de 30 a 40 casos por ano. Em menor quantidade, outras chegam a 80 a 100 casos anuais. De uma maneira informal posso estimar a média em cerca de 40 a 50 casos/ano.

Grande parte dos ortodontistas que trabalham com Damon System atendem na faixa de 40 a 50 casos ortodônticos anuais, principalmente pelo fato de focarem em oferecer um produto de maior valor agregado. Mas se esse sistema proporciona uma maior lucratividade, o que permite diminuir a quantidade de pacientes atendidos e ainda ganhar mais do que com o aparelho convencional, vale a pena ter uma clínica mais movimentada?

Confira uma entrevista com o ortodontista Ricardo Lodi em que ele compartilhou porque prefere atender 200 casos com Damon System em vez dos 50 da média. Mas, afinal, quais as vantagens de utilizar essa estratégia? Descubra no artigo!

Quantos novos casos ortodônticos devo focar em atender por ano?

Para o Dr. Ricardo Lodi, a questão não é a preferência entre atender mais ou menos casos ortodônticos. O ideal é pensar como empresário, não apenas como dentista. 

Claro que todos nós temos o sonho de atender pouco e ganhar muito,e o Damon System possibilita essa realidade!

Porém, na estratégia de mercado de Lodi, ele constatou que, no momento, é mais vantajoso ter 200 casos por ano em sua clínica. Para chegar a essa conclusão, foi preciso realizar algumas análises, como:

Poder aquisitivo do público-alvo

Nos lugares que você atende, qual poder aquisitivo da população? Quanto eles estão dispostos a investir em saúde? Existem pessoas interessadas em um produto de melhor qualidade? Este público busca para outros lugares esta oferta que não existe em seu local? Qual o custo fixo de manter a minha estrutura?

Avaliação da concorrência

Para descobrir quanto você pode cobrar por tratamento, analise a concorrência. Quem é e como está a concorrência à sua volta? Quanto eles cobram pelo mesmo tratamento? 

Tenha em mente que a realidade dos preços em São Paulo, por exemplo, não é a mesma que das cidades do interior.

Conforme ensinei no artigo sobre precificação em Odontologia, o consumidor está disposto a pagar até (no máximo) 30% mais do que considera justo para adquirir um produto ou serviço. Desde que você ofereça um diferencial atrativo. O Dr. Lodi usa essa estratégia para definir seu preço!

Desenvolvimento da clínica

Atender 200 casos ortodônticos é vantajoso principalmente quando você trabalha para o desenvolvimento da clínica e conta com uma equipe multidisciplinar, como é o caso do Dr. Lodi.

Afinal, o paciente ortodôntico está disposto a fazer diversos tratamentos com você, como profilaxia, limpezas, restaurações, etc. E você pode usar isso ao seu favor!

Financeiramente, Lodi concluiu que trabalha menos do que quando trabalhava com o convencional e tem um faturamento muito maior, com maior satisfação dos clientes, além de mais indicações resultantes destes pacientes, o que se torna um círculo virtuoso muito interessante.

Vantagens de atender 200 novos casos ortodônticos por ano

Para o Dr. Lodi, ter uma clínica focada em começar 200 novos clientes por ano faz o negócio girar mais e reduz o custo operacional de deixar a cadeira vazia! 

Contudo, a principal vantagem é que a empresa tem mais segurança e fôlego para planejar ações estratégicas futuras, como abertura ou fechamento de uma nova filial.

Além disso, quem depende de poucos clientes está sujeito a variações muito grandes de mercado. Por exemplo, durante uma crise, ou pandemia como vimos recentemente, se seu público-alvo for afetado, você será diretamente impactado.

Vale destacar ainda que com o Damon Smile é possível atender 20 a 25 pacientes por dia, sem atolar a agenda, porque as consultas são feitas com muito mais rapidez e agilidade do que com o sistema convencional.

Como o Damon também permite espaçar retornos a cada seis, oito ou até dez semanas, é possível aumentar o número de pacientes, sem ficar sobrecarregado.

O cálculo da agenda  de atendimentos é o seguinte:

Quantidade de clientes em atendimento

Se eu começo 200 casos por ano e o tempo de finalização do Damon está entre 18 a 24 meses, a clínica deve ter em tratamento no máximo 400 clientes. 

Frequência de atendimento X Agenda

Se atendo com intervalos de seis a oito semanas, tenho uma agenda de atendimentos de 50 a 67 atendimentos por semana. Eu conheço muitas clínicas que começam metade dos casos e tem a agenda lotada.

A lógica é: no convencional se eu inicio 100 casos por ano, eu tenho em média 300 pacientes em tratamento, que atendo uma vez ao mês. Ou seja, 75 pacientes por semana!

Você consegue se reconhecer nestes números?

Então, a dica é atuar como um dentista de 50 casos, mas avaliando se deve ou não dar o próximo passa para os 200 casos ortodônticos!

Perguntas frequentes sobre atender 200 casos ortodônticos anuais

A qualidade de vida é uma das principais dúvidas dos ortodontistas que desejam dar esse passo. Dr. Lodi esclareceu que no ano passado conseguiu tirar 50 dias de férias!

Já quanto ao atendimento desses 200 novos pacientes, ele é o ortodontista responsável pelo tratamento, mas conta com uma equipe eficiente e treinada para auxiliá-lo. 

E será que os pacientes reclamam de voltar apenas depois de 60 dias? Pelo contrário. Dr. Lodi diz que esta é uma das qualidades que mais atrai seus pacientes e diferencia o tratamento.

Quer conferir na íntegra minha conversa com o Dr. Ricardo Lodi, onde ele conta sobre a sua experiência com 200 casos? Dá play no vídeo:

Se tiver alguma dúvida ou precisar de mais informações sobre o Damon System, entre em contato com o Meu Ortodontista.

Ortodontia Lingual X Alinhadores — Conheça as Vantagens de Oferecer esse Tratamento e Saiba Quando Indicá-lo

Apesar dos alinhadores serem um modelo de tratamento ortodôntico muito propagandeado, e terem resultados muito interessantes em casos simples, também é fato que ele tem uma limitação muito grande no tratamento de casos médios e complexos. Neste ponto, uma alternativa muito interessante é a ortodontia lingual.

Na técnica de ortodontia lingual, os braquetes são colados na parte de trás dos dentes e não na parte da frente. Isso gera uma estética superior que atrai pacientes que buscam por um tratamento eficaz, mas imperceptível.

Continue acompanhando o artigo para entender mais sobre essa técnica e saber quais as vantagens de oferecê-la aos seus pacientes.

Como funciona a técnica de ortodontia lingual?

Neste tratamento, os braquetes são colados na parte interna dos dentes. Por isso, muitos ortodontistas acreditam que é um desafio dobrar os arcos nessa posição e controlar os braquetes, já que a distância entre um e outro é muito pequena. Também é comum acreditarem que a finalização de casos com esse sistema não é algo fácil.

Entretanto, o Alias Orto Lingual prova que a técnica é muito eficiente e pode ser vantajosa tanto para o paciente, quanto para o ortodontista. O sistema foi desenvolvido pela ORMCO por meio da colaboração com líderes da ortodontia lingual mundial, os Drs. Kyoto Takemoto e Giuseppe Scuzzo.

O Alias oferece uma alternativa estética aos braquetes ou alinhadores, mas com a eficiência da mecânica de fio reto. Ele é o primeiro braquete ortodôntico lingual de slot quadrado autoligável passivo do mundo.

Esse slot exclusivo permite um movimento otimizado, além de garantir uma maior distâncias inter-braquetes, o que diminui a força aplicada em cada dente e facilita a fase de alinhamento. O sistema de colagem indireta desenvolvido pelo Dr. Scuzzo também facilita o processo de colagem. 

Vale ressaltar ainda que o aparelho é um sistema de arco reto lingual, ou seja, não é necessário usar os antigos arcos em cogumelo e com o processo de colagem indireta digital o sistema é customizado. Ou seja, o sistema de pads de colagem é feito sob medida para cada paciente, o que permite uma cimentação de braquetes mais rápida, simples e precisa. Todos esses recursos do Alias tornam a ortodontia lingual mais fácil e eficiente.

Quando indicar o Alias Orto Lingual?

A ortodontia lingual é uma excelente alternativa para aqueles pacientes que desejam alinhar o sorriso, mas sem comprometer sua aparência ao longo do tratamento. Também são indicados para pessoas que praticam esportes ou atividades que geram riscos de impactos na região da boca.

O jogador de futebol Neymar, por exemplo, utilizou a técnica de ortodontia lingual para alinhar os dentes.

Vantagens da ortodontia lingual

  • pode ser utilizada em qualquer tipo de maloclusão ortodôntica, mesmo nos casos onde o alinhador tem limitações de atuação.
  • única técnica considerada realmente invisível que não compromete a estética do sorriso. Portanto, oferecê-la em seu consultório é um grande diferencial;
  • tratamento mais seguro para seus pacientes que são esportistas;
  • a melhora no posicionamento dos dentes pode ser acompanhada pelo paciente sem nenhum obstáculo;
  • não precisa dos attachments (pequenos blocos) de resina nos dente anteriores que os alinhadores necessitam e ficam amarelados facilmente;
  • eficiência do tratamento é a mesma que dos demais aparelhos ortodônticos;
  • oferecer uma técnica pouco difundida nas clínicas ortodôntica agrega valor aos seus serviços e ao seu consultório, no geral.

Vale ressaltar ainda que a área da ortodontia estética está em crescimento, e é uma oportunidade de negócio para você. Além de ser uma área de alto valor agregado, que atrai um perfil de consumidor mais alto em busca de versões estéticas de aparelhos ortodônticos.

Se eles não encontrarem essa opção em sua clínica, há grandes chances de que irão procurar o que precisam em outro local. Agora, quando você oferece as melhores soluções para seus pacientes, fica à frente dos seus concorrentes e tem maiores chances de se tornar uma referência em Ortodontia

Além disso, a sua marca ganha cada vez mais força no mercado quando apresenta algo inovador ao público. 

Quer saber como funciona o Alias Orto Lingual na prática? Assista a aula completa sobre como fazer o atendimento do seu primeiro caso com essa técnica:

Gostou de conhecer mais sobre a ortodontia lingual? Conheça mais sobre esse sistema ortodôntico no site do Meu Ortodontista!

Abandone De Uma Vez Por Todas o Aparelho Convencional — Saiba o Por Quê

Já pensou em substituir o aparelho convencional por um sistema ortodôntico mais moderno que proporciona melhores resultados, em menos tempo, e de forma muito mais confortável para o paciente?

Realizar essa transformação em sua clínica odontológica é possível e pode ser a solução que você estava procurando para inovar e parar de brigar por preço no mercado, além de aumentar sua lucratividade. Quer saber mais? Acompanhe o artigo que preparei para você!

Qual a diferença entre o aparelho convencional e o sistema Damon?

Primeiro, é importante compreender que boa parte da movimentação dos dentes correção da oclusão ocorre pela movimentação dos braquetes nos arcos.

No aparelho convencional, o que acontece quando você tem um elástico ou um amarrilho metálico empurrando o arco contra o fundo do slot? Há uma quantidade de atrito muito grande. Se você fizer o teste e tentar movimentar o arco irá perceber que é quase impossível.

Agora, imagine a força que você precisa fazer para movimentar cada um desses braquetes. É muito grande e, consequentemente, bastante desconfortável. 

Justamente por essa razão, vemos pacientes que falam que após ir ao ortodontista acabam ficando dois ou três dias sem conseguir comer. A força gerada para fazer essa movimentação é realmente alta!

Pensando nisso, o Dr. Dwight Damon criou o conceito do sistema de braquetes autoligados passivos. Ou seja, em vez do aparelho usar borrachas para amarrar o braquete ao arco, há uma tampa metálica ou cerâmica estética. Com isso, como não é mais necessário usar os amarrilhos que causam atrito, o sistema fica muito mais livre para permitir a movimentação dos dentes. Isso se reflete na quantidade de força que é necessária para movimentar os dentes.

Confira o vídeo para visualizar a facilidade de movimentar o arco com o Damon System:

Por que usar o Damon System em seu consultório?

Por não ser necessário aplicar um nível alto de força para alinhar os dentes, a principal vantagem do Damon System é o fato de ser a técnica mais confortável que existe no mercado.

Além disso, a partir do momento que é possível aplicar menos força ao dente, por incrível que pareça, as movimentações são mais rápidas e eficientes. 

A teoria consiste no seguinte: como está sendo aplicada uma força dentro do limite biológico do dente, o dente responde de maneira mais eficiente.

Por outro lado, forças pesadas tendem a gerar um processo inflamatório exacerbado (e doloroso) que diminui a eficiência do movimento pois o organismo precisa de mais tempo para se recuperar desta agressão.

Logo, em vez de demorar dois, três ou até quatro anos para finalizar um caso como no aparelho convencional, com o Damon você consegue finalizar, em média, após 14 a 20 meses. E mais: você não precisa ver os pacientes todos os meses, mas, sim, a cada seis, oito ou mesmo dez semanas.

Contudo, no final do tratamento — quando é necessária uma quantidade de ajustes de finalização maiores, além do uso de fios de aço inoxidável — é normal que seja preciso ver o paciente com uma frequência maior, por exemplo, uma vez por mês.

Então, ao abandonar o aparelho convencional e optar por usar o Damon Smile, você garante:

Quer conhecer mais sobre o Damon System? Acesse o site do Meu Ortodontista!

Curso Online Fundamentos da Ortodontia Autoligável — Tudo o que Você Precisar sobre o Damon System

Você tem receio de trocar o aparelho convencional por um tratamento ortodôntico revolucionário por falta de experiência ou domínio do assunto? Eu te entendo, pois conhecer os fundamentos da ortodontia autoligável é indispensável para ter sucesso ao trabalhar com esse tipo de sistema inovador.

A boa notícia é que as informações estão muito mais simples de serem acessadas e você não precisa mais ter medo de transformar seu consultório. Agora, você poderá encurtar a curva de aprendizagem  e ficar apto para conquistar melhores resultados e oferecer experiências únicas ao seu paciente. Descubra como no artigo!

Por que inovar em meu consultório odontológico?

Vou te fazer algumas perguntas: você está satisfeito com a sua Ortodontia hoje? O que você desejaria mudar na forma que atende atualmente? Como seria o seu dia a dia ideal em Ortodontia? Onde você sente que pode evoluir? Já pensou em trabalhar menos e ainda lucrar mais? E o que acha de ter mais controle nos tratamentos e conseguir resultados melhores?

Com o Damon System, um sistema ortodôntico de alta tecnologia, é possível. Esse aparelho fixo funciona com braquetes auto-ligados que dispensam o uso de borrachinhas. 

Eles ainda possuem arcos high-tech com efeito térmico de memória e superelasticidade, o que permite manter o mesmo formato e possibilita o uso por muito mais tempo. Além de entregar um nível de força dentro dos níveis biológicos, o que torna a movimentação muito mais rápida do que no aparelho convencional.

Essa combinação possibilita um alinhamento mais controlado, rápido e preciso, além de ser  muito mais confortável ao paciente, pois o aparelho utiliza forças leves para movimentar os dentes. Já sua clínica, por sua vez, terá vantagens como:

  • finalização de tratamentos até 50% mais rápido, geralmente em 18 a 20 meses;
  • menor necessidade de consultas de retorno (a cada seis, oito ou até dez semanas);
  • possibilidade de melhorar o aproveitamento de sua agenda;
  • quando bem utilizado, possibilita a chance de aumentar sua lucratividade por hora trabalhada em até 5 vezes;
  • ajustes mais simples e consultas mais rápidas;
  • possibilidade de melhorar a rentabilidade e diminuir a inadimplência ao aplicar técnicas de precificação muito mais atrativas para o paciente..

Porém, para garantir todos esses benefícios para o seu consultório, saber como utilizar esse novo sistema é fundamental. Por essa razão, o curso de Fundamentos da Ortodontia Autoligável é um passo importante na transformação da sua carreira!

Como é o curso Fundamentos da Ortodontia Autoligável?

No curso de Fundamentos da Ortodontia Autoligável, você aprende com os mestres o Thinking Process na Resolução de Casos Complexos. Além de entender por que os dentistas do mundo inteiro estão aderindo ao Sistema Autoligável Passivo Damon Smile para inovar e oferecer uma experiência única aos seus pacientes.

Para que você esteja apto a começar e finalizar um tratamento com sucesso, o curso é composto por sete módulos:

  • Módulo 1: Introdução
  • Módulo 2: Fundamentos Colagem
  • Módulo 3: Fundamentos Levantes: onde, quando, como e por quê?
  • Módulo 4: Fundamentos Fios high-tech 
  • Módulo 5: Fundamentos Elásticos
  • Módulo 6: Fundamentos Casos Clínicos
  • Módulo 7: Fundamentos Processo de Vendas

Ou seja, você aprende cada passo de forma organizada, seguindo uma linha de raciocínio com início, meio e fim, que realmente irá te ajudar a entender todo o processo.

Você ainda pode enviar dúvidas e questionamentos na plataforma do curso, que nós iremos te ajudar. Você terá acesso a um webinar para tirar dúvidas, ajudar e orientar nesta fase inicial do Sistema Damon.

Aula Bônus: Gestão, Marketing, Vendas e Liderança

Além de todo conteúdo sobre o Fundamentos da Ortodontia Autoligável, o curso ainda conta com uma aula extra, onde eu te ensino técnicas de Gestão, Marketing, Vendas e Liderança.

Vale lembrar que o consultório odontológico é uma empresa, portanto, não basta usar as melhores tecnologias do mercado, também é necessário saber gerir seu negócio. Com essa aula bônus, você estará totalmente preparado para essa mudança!

Para garantir sua vaga, acesse o link do curso de Fundamentos e eleve o nível da sua ortodontia!

Conheça mais sobre o curso no vídeo:

E veja como funciona a plataforma de ensino online no vídeo abaixo:

Se tiver alguma dúvida, entre em contato com o Meu Ortodontista.

Como Começar a Implementar Damon Smile em seu Consultório — Desafios e Benefícios

Como Começar a Implementar Damon Smile em seu Consultório — Desafios e Benefícios

Mudar é sempre desconfortável. Sair da zona de conforto exige muito esforço e disciplina. Assim como para o ortodontista, parar de trabalhar com o aparelho convencional em seu consultório para utilizar o Damon Smile é um grande e assustador desafio, que gera medo e receio, mesmo com todos os benefícios desse sistema ortodôntico revolucionário.

No artigo de hoje, vou te contar um pouco sobre as estratégias que a Dra. Elaine N. adotou para transformar seu consultório de bairro em uma clínica top Damon Platinum. Assim, ficará mais fácil entender e se preparar para realizar essa transformação em seu negócio. Acompanhe!

Como começar a vender Damon Smile?

Por muitos anos, a Dra. Elaine Nosé trabalhou com ortodontia convencional, mas sentia que estava estagnada e ansiava por uma forma de inovar para alavancar seu negócio.

Mas, ela ainda não compreendia como poderia usar o Damon Smile e não achava que conseguiria introduzir 100% esse sistema em seu consultório por causa da região em que trabalhava: um bairro considerado de periferia.

Ainda assim, ela decidiu superar seus desafios e medos e aderiu a algumas estratégias para implementar essa mudança. O método que usou foi iniciar o processo aos poucos, apresentando a novidade aos pacientes. 

Para isso, ela apresentava os cálculos do custo de cada aparelho (convencional X Damon Smile) ao cliente. Eu já ensinei essa técnica no artigo sobre definição de preço em ortodontia. A Dra. Elaine, inclusive, contou que quando mostrava o preço comparando os dois sistemas, a maioria só queria o Damon!

Por algum tempo, ela ainda vendeu os dois sistemas simultaneamente, mas depois criou coragem para trabalhar apenas com o Damon Smile.

Estratégias adicionais para melhorar o desempenho da sua clínica

A Dra. Elaine ainda ressaltou outras estratégias que favoreceram a implementação do Damon Smile e trouxe benefícios para o seu consultório, no geral:

  • realizar cursos de gestão de consultório: antes ela não sabia quanto ganhava, nem seu custo por hora e não se via como uma empresária, também não usava técnicas de vendas para conquistar mais clientes;
  • fazer cursos Damon Smile: para aprender como usufruir de todo o potencial do sistema;
  • divulgar os vários benefícios do Sistema Damon Smile nas redes sociais da clínica: assim, o paciente começará a entender o que é e quais os benefícios desse tipo de aparelho ortodôntico com relação ao sistema convencional;
  • ensinar equipes e parceiros sobre o Damon System, especialmente se você trabalha com outros dentistas em seu consultório;
  • adicionar informações sobre esse aparelho dentro do consultório e sala de espera, como flyers e cartazes, para incentivar os pacientes a perguntarem do que se trata.

Processo de vendas que realmente funciona

A forma de apresentar seu serviço também faz diferença na hora de conquistar clientes e essa foi uma grande sacada da Dra. Eleine, que passou a seguir um roteiro ao oferecer seu tratamento:

  1. comentar sobre o sistema convencional;
  2. explicar brevemente sobre a evolução na ortodontia que permite usar soluções mais tecnológicas para alinhar os dentes;
  3. apresentar o sistema Damon System, com foco nos benefícios para deixar o produto encantador;
  4. comparação entre o fio com braquetes convencionais e com o Damon (meu vídeo comparando os dois sistemas pode te ajudar);
  5. comprovar a eficácia com casos clínicos (pacientes fecham mais quando veem resultados);
  6. apresentar os diferentes tipos de Damon com fotos.

Essa técnica é similar a que eu ensino no artigo sobre processos de venda, onde você pode compreender esses conceitos de forma mais aprofundada.

Vantagens do Damon Smile

A Dra. Elaine trabalha com o sistema Damon desde 2014 e enfatiza o que ganhou após realizar essa transformação em seu consultório:

Para ela, como profissional, os ganhos foram:

  • aumento da lucratividade;
  • maior qualidade dos resultados conquistados;
  • melhores resultados em menos tempo;
  • otimização de tempo;
  • maior espaçamento entre consultas, o que permite atender mais pacientes e aumentar a qualidade de vida.

Já para o paciente os benefícios são:

  • saber quanto irá pagar no final do tratamento;
  • poder pagar como for melhor para ele;
  • sem necessidade de pagar a mais após a finalização do tratamento;
  • conquistar um sorriso mais bonito;
  • finalizar tratamento mais rapidamente;
  • não precisar ir todos os meses ao dentista.

Gostou de descobrir como foi a implementação do Damon Smile no consultório da Dra. Elaine? Você também pode conferir o vídeo em que ela explica sobre essa transformação, basta ingressar em nosso grupo privado no Facebook.

Ficou com alguma dúvida sobre o Damon System? Entre em contato com o Meu Ortodontista. Será um prazer te ajudar!